Você está aqui
Home > Palavra do Padre > Que nome daria ao meu Filho

Que nome daria ao meu Filho

Se tivesse tido um filho se chamaria Pedro José. Se tivesse tido uma filha se chamaria Inês Maria. Sempre pensei nos nomes dos filhos que teria. Quando senti o chamado de Deus para entrega à minha Vida ao seu serviço na vocação sacerdotal, soube então que meus filhos e filhas já os conheceria com nome próprio. Filhos biológicos, adotivos, do coração, espirituais ou acadêmicos, a filhação nasce na relação mais fecunda do amor de Deus por todas a suas criaturas.

Como posso agradecer ao Senhor por todo o bem que Ele me fez, se pergunta o salmista. Hoje minha resposta é a mesma de sempre, sem repetições: ” vivendo plenamente a vida que Ele nos deu”. Vida é vida em abundância, vida é vida para ser vivida.

Com imensa dor sinto e percebo que para muitos a vida está simplesmente passando, para outros a vida se tornou uma simples sucessão de minutos e segundos; para outros a vida pode ser até destruída e ceifada. Li um texto de um autor brasileiro,  Júlio Cabrera, que me deixou ainda mais preocupado: ” por que te amo não nasceras”. Como responder ao autor?

Vamos procurar mais do que uma resposta, uma atitude!!! Temos que ser contundentes na nossa atitude. Defendemos e promovemos a vida! Dom, esperança e alegria!

 

Padre Rafael Solano,  
Pároco

Artigos similares

Topo